Pages

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Carta Aberta à população de Açailândia - Sobre posição no PT (Partido dos Trabalhadores)

Sou Jarlis Adelino, metalúrgico, presidente do Sindicato da categoria e filiado ao Partido dos Trabalhadores (PT).

Jarlis Adelino - Pres. STIMA
Quero que seja do conhecimento de todos que estou à disposição do meu partido para disputar a vaga de Pré candidato seja ela de prefeito ou vereador de Açailândia, cidade onde resido a 27 anos e pela qual gostaria de lutar para que tenha dias melhores, com desenvolvimento social e econômico, e uma realidade justa de saúde, educação e segurança.

Afirmo que não tenho nenhuma intenção de trocar o Partido dos Trabalhadores por nenhum outro, visto que minha filiação ao PT atendeu a convicções políticas pessoais, e à minha biografia de luta pelo direito dos trabalhadores, grande bandeira do partido que hoje comanda o nosso país.

Afirmo ainda que estou de acordo com a decisão tomada durante o 4º Congresso do PT, realizado nos dias 04 e 05 de setembro em Brasília (DF), de não apoiar partidos políticos que prejudicaram e ainda prejudicam o Brasil como o PSDB, PPS e DEM, responsáveis pelas grandes privatizações que desempregaram tantos pais de família, como foi o caso da Companhia Vale.

O PT não pode andar de mãos dadas com os partidos que historicamente só prejudicaram os trabalhadores brasileiros!

Quem não se lembra da crise do minério de ferro no Maranhão, quando vários pais de família foram demitidos pelas siderúrgicas, pressionadas pelas políticas aplicadas por esses partidos?

Recentemente, em Açailândia, acompanhamos de perto os problemas causados por esse modelo de administração, com as privatizações no município, atendendo a interesses individuais e ignorando o interesse público.

O PT de Açailândia tem o dever de acompanhar a decisão nacional do partido! E é por isso que sou contra a absurda aliança, em nossa cidade, com partidos que trabalham contra o desenvolvimento social do país.

O PT nunca foi e nem será um partido neoliberal. O Brasil está no rumo certo desde 2003, com a posse do ex-presidente Lula.
  

O país passa por um profundo processo de mudanças que o tem colocado como protagonista em um cenário de desenvolvimento econômico. Da mesma forma, o Maranhão deixou de ser uma promessa para se tornar uma realidade próspera, com crescimento social e econômico acelerados.

E agora é a hora de Açailândia! Temos a obrigação de colocar nossa cidade nesse plano de desenvolvimento e aparecermos para o Brasil.

Para isso, temos muito trabalho a fazer. Sabemos que há um descontentamento geral da população em todos os setores da administração pública, incluindo Saúde, Educação, Cultura, Assistência Social, Segurança, Urbanismo, Desenvolvimento Econômico, entre outros.

Se a nossa cidade cresce hoje, sabemos que houve muita interferência e contribuição de empresários que ainda acreditam nesse município, e do povo trabalhador que não se abate com a luta diária e faz a cidade crescer apesar de tudo.

Lamentamos, porém, a existência de uma parte da imprensa local que, movida por interesses político-eleitorais, ignora os problemas de Açailândia e insiste em enganar a população dizendo que tudo vai bem.

A insatisfação dos açailandenses é grande, mas tenho a certeza que superaremos essa maldita herança do PSDB.

Vamos implantar novas políticas para proporcionar o resgate dos excluídos da sociedade.

Vamos transformar Açailândia na maior economia do estado e num município realmente de todos.

Jarlis Adelino Presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Açailândia.

Obrigado!!!

Jarlis Adelino - Presidente do STIMA

0 comentários:

Postar um comentário

Comente e se quiser sua mensagen sera anonima. Os comentarios seram publecados apos avaliação do blogger, Não e permitido spams.