Pages

sexta-feira, 21 de março de 2014

Operação de combate à Dengue é realizada em Córrego Novo e Novo Bacabal




Açailândia - Com o objetivo de detectar focos do mosquito, a Secretaria Municipal de Saúde, por meio do departamento de Vigilância e Saúde deflagrou na última semana uma operação de combate ao mosquito da dengue. A operação que recebeu o nome de "Mutirão da Dengue” teve início no povoado Córrego Novo, finalizando no Distrito de Novo Bacabal, distante de Açailândia cerca de 70 Km.

Em Córrego Novo o mutirão teve início por volta da 09h00, onde 16 agentes de saúde foram distribuídos por setores para fazerem a visita de casa em casa objetivando encontrar algum foco do mosquito da dengue. Toda operação foi administrada pelo coordenador da Vigilância e Saúde, Leomar Silva e pelo supervisor da área Miquéias Santos Silva. Os moradores que há muito tempo não recebiam a visita do pessoal da dengue agradeceram a atitude da secretaria de saúde, e agora esperam ansiosamente a inauguração da Unidade Básica de Saúde que atenderá toda aquela região.

Nesta localidade foi realizado um trabalho minucioso e detalhado. A maioria dascasas está localizada ás margens de um córrego. É uma região brejeira e isso deixa solo sempre úmido e juntando com a água da chuva qualquer acúmulo de água por menor que seja é local ideal para proliferação do mosquito. Os agentes de saúde tiveram que fazer um trabalho com muita atenção, o que resultou na coleta de várias larvas do mosquito que estavam se multiplicando em garrafas, galões plásticos, pneus, além de latas velhas jogadas pelos cantos.

A operação teve continuidade no Distrito de Novo Bacabal. Nesta localidade existem cerca de 2 mil imóveis entre residências e estabelecimentos comerciais. No local, a operação foi realizada de forma mais rápida porque na localidade já existe uma equipe da Vigilância e Saúde que faz o trabalho preventivo rotineiramente no combate a dengue, além de outra endemias e por esse motivo em Novo Bacabal durante o mutirão foi encontrado foco do mosquito apenas em terrenos baldios e às margens da BR-222. Para Leomar Silva, coordenador Vigilância e Saúde, a operação foi considerada muito positiva, ressaltando que foram encontrados poucos focos do mosquito.

0 comentários:

Postar um comentário

Comente e se quiser sua mensagen sera anonima. Os comentarios seram publecados apos avaliação do blogger, Não e permitido spams.