Pages

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

A liderança evangélica de Açailândia tem sido diariamente alvo de perseguição pela rádio Marconi FM


Muito me impressiona o fato da rádio Marconi FM, diariamente, ficar perseguindo a liderança evangélica da cidade de Açailândia, principalmente o pastor presidente da Assembléia de Deus, ministério do SETA, o Reverendo pastor José Alves Cavalcante.

Praticamente todos os dias, os microfones da rádio Marconi FM, tem sido aberto para que algumas pessoas falem dos cultos, da organização e da forma como a igreja Assembléia de Deus tem se organizado.

Não sabemos as razões por que isso acontece, no entanto, tem ficado nitidamente demonstrado que se trata de intolerância religiosa. Pra quem não sabe a intolerância religiosa é um termo que descreve a atitude mental caracterizada pela falta de habilidade ou vontade em reconhecer e respeitar as diferenças ou crenças religiosas de terceiros.

O pior de tudo é saber que os diretores da rádio têm feito vista grossa para esta situação, parece até que não tem ouvido a forma como os comunicadores tem abordando alguns assuntos. Os evangélicos, por intermédio da rádio Marconi FM, tem sido motivo de piada, chacota, de escárnios, injuriados, menosprezado, principalmente aqueles que exercem liderança na Igreja, os quais são acusados de fazerem lavagem cerebral nos fies.

Será que eles não sabem que cerca de 40% da população de Açailândia é evangélica? Que muitos empresários evangélicos também anunciam em seus programas? Que os evangélicos desta cidade também gosta e ouvem a radio Marconi FM. Por tudo isso, entendemos que os evangélicos merecem respeito!

Isso é grave! Estamos no século XXI, a Constituição da República Federativa do Brasil, promulgada em 1988, não permite este tipo de comportamento. O artigo 5º, que trata dos direitos e garantias fundamentais do cidadão, assegura a liberdade de culto e de organização.

A rádio Marconi FM, deveria saber que a Assembléia de Deus de Açailândia é uma instituição que há 42 anos vem prestando um trabalho relevante para a sociedade açailandense. 

Muitas famílias foram agraciadas pelos projetos desenvolvidos por esta Igreja, por exemplo, muitas jovens deixaram de usar drogas, ouvindo os sábios conselhos dos líderes que administraram esta instituição e muitos lares foram refeitos ouvindo a ministração da Palavra de Deus, por intermédio de homens e mulheres que se doaram por esta sociedade. 

Portanto, 42 anos de história não são 42 dias. Que pena que alguns desinformado, que acabaram de chegar em nossa cidade, não conhecem a nossa história! Mas não tem problema, somos orientandos pelos nossos líderes, pastores e evangelistas, a perdoá-los! Afinal Cristo nos ensinou dizendo: "Se alguém bater-lhe uma face, dai-lhe a outra".

Fica aqui registrada nossa indignação pela intolerância religiosa que os evangélicos tem sofrido por intermédio da rádio Marconi FM. Que Deus tenha misericórdia de nossas vidas! 
fonte: Pr. silvio  silveira

0 comentários:

Postar um comentário

Comente e se quiser sua mensagen sera anonima. Os comentarios seram publecados apos avaliação do blogger, Não e permitido spams.