Pages

segunda-feira, 26 de março de 2012

Polícia Civil elucida assassinato do empresário Braz Cabrini

Imperatriz - Depois de uma exaustiva investigação, a Polícia Civil de Imperatriz elucidou o crime de que foi vítima o empresário e pecuarista, Braz Josias Cabrini, 62 anos. 

Ele desapareceu na manhã de terça-feira (20) da semana passada e o corpo foi encontrado já em adiantado estado de putrefação, na noite do último sábado (24), em um local de difícil acesso, nas proximidades do local em que está sendo erguido o novo presídio de Imperatriz. O corpo apresentava oito perfurações.

Três acusados de envolvimento no crime já estão presos: João Helisson Silva Damasceno, vulgo “Jujú”, 22 anos, pecuarista de Porto Franco; Diego Romullo Monteiro, vulgo “Júnior”, 23 anos, irmão de “Jujú”, e Adriano Célio da Silva Colaço, 23 anos.

Segundo a policia, Adriano Célio desferiu seis tiros de pistola 7.65 em Braz Cabrini. Outros dois tiros, ambos na cabeça, foram efetuados por Diego Rômulo, com a própria pistola de Cabrini.

Fonte/o progresso

2 comentários:

Anônimo disse...

se o cabrini estava armado é sinal de que ele estava pronto pra matar também.

Anônimo disse...

ESTA ESTAMPADO NA CARA QUE A EMPRESA SAO FRANCISO E EMPRESA PRIVADA E TAMBEM ESTA BEM CLARO DE QUEM E ESSA EMPRESA !

Postar um comentário

Comente e se quiser sua mensagen sera anonima. Os comentarios seram publecados apos avaliação do blogger, Não e permitido spams.