Pages

quinta-feira, 14 de novembro de 2013

Governadora Roseana implanta na capital modelo de “Restaurantes Populares” criados em Açailândia.



Exibir Álbum Completo

Açailândia - Uma das diferenças dos restaurantes que estão sendo implantados na capital do estado pela governadora Roseana Sarney, para os 04 restaurantes populares já em funcionamento no município de Açailândia é que as refeições, hoje cerca de 1.000 diárias, são inteiramente gratuitas, enquanto quem em São Luis a refeição custa 1 real. A outra, e essa mais importante ainda, é que, em Açailândia, o projeto é ainda mais amplo, pois além de levar a comida a essas pessoas mais carentes, ainda oferece ações de inclusão social das famílias em situação de vulnerabilidade social extrema, com fragilidade alimentar, com dificuldades de relacionamento intrafamiliar, com necessidades de assistência médica, psicológica, jurídica e espiritual.

A prefeita Gleide Santos já anunciou a inauguração, para os próximos meses, de mais 02 restaurantes populares no modelo do “Projeto Resgate da Família”, sendo 01 para o Bairro do Jacú e outro para o Plano da Serra. Outro restaurante popular, esse sim no modelo idêntico aos que estão sendo implantados pela governadora Roseana Sarney, com refeição a 1 real, também será inaugurado brevemente em Açailândia, localizado no Centro da cidade.

Em São Luis

A governadora Roseana Sarney, ao lado dos secretários de Estado do Desenvolvimento Social e Agricultura Familiar, Fernando Fialho, e de Infraestrutura, Luis Fernando Silva, inaugurou oficialmente, nesta terça-feira (12), o restaurante popular da Vila Luizão. Localizado na Avenida Sol Nascente, nº 3. Este é o terceiro das seis unidades previstas para São Luís.

Com refeições ao preço de R$ 1,00, o restaurante tem capacidade para atender cerca de mil pessoas diariamente, beneficiando milhares de famílias do bairro e de comunidades circunvizinhas.

Além de ofertar refeições de qualidade, saudáveis e supervisionadas por nutricionistas, em um ambiente higiênico e agradável, essa unidade e todos os restaurantes populares que estão sendo entregues pelo Governo do Estado, utilizam alimentos frescos provenientes de hortas e polos de agricultura familiar.

O secretário Fernando Fialho destacou que 30% dos insumos utilizados na produção das refeições é originário da produção do pequeno agricultor. Fernando Fialho frisou ainda que o preço de R$ 1,00 é apenas simbólico; a alimentação oferecida nestes restaurantes tem qualidade igual a da que é oferecida em grandes empresas.

Durante a solenidade de inauguração, a governadora Roseana Sarney falou sobre a importância deste tipo de investimento para a população “É muito bom podermos inaugurar essa unidade, que além de fornecer alimentação barata e de qualidade para a população da Vila Luizão e dos bairros vizinhos, gera emprego e renda com a compra dos alimentos fornecidos pelos agricultores familiares e que estão sendo utilizados na produção das refeições”, ressaltou a governadora.

O Secretário de Estado de Infraestrutura, Luis Fernando Silva, lembrou que o programa de instalação dos Restaurantes Populares está inserido no plano de intenções do programa Viva Maranhão, por gerar trabalho e renda com a garantia nutricional do cidadão maranhense, processo que ele chamou de “ciclo virtuoso”. “Além de proporcionar a garantia da alimentação, gera renda para aqueles que produzem na agricultura familiar, na pesca artesanal, na aquicultura. Aqui na Vila Luizão é muito bem vindo. O Governo quer fazer esses restaurantes onde as pessoas precisam mais. Eu tive a felicidade de ter sido designado pela governadora para coordenar a elaboração do Viva Maranhão, que inclui infraestrutura, educação, saúde e que inclui também, os Restaurantes Populares”, salientou Luis Fernando.

O produtor rural do polo agrícola de Panaquatira e São José de Ribamar, José de Ribamar, o Ribinha, ressaltou a importância dos restaurantes populares para o pequeno produtor. “Esse projeto da cozinha popular é muito importante por que ajuda toda a população. Começa lá na ponta, com o agricultor familiar, que antes quase não tinha o apoio para vender por que os grandes empresários estão lá. Hoje o Governo vem auxiliando o pequeno produtor, levando assistência técnica e comprando parte da produção de cada pequeno agricultor familiar, e eu sou um deles”, reforçou.

Mais restaurantes



Além da implantação do restaurante popular da Vila Luizão, outros dois já estão funcionando plenamente na capital, nos bairros do Anjo da Guarda e Cidade Olímpica. No próximo dia 26, será inaugurado o Restaurante Popular do Coroado, que já está em fase experimental desde o mês de setembro.

Segundo a Sedes, 592.874 refeições já foram servidas desde o início do funcionamento da primeira unidade, em junho de 2012, até 31 de outubro deste ano.

A previsão é de que no início de 2014 mais dois restaurantes populares sejam implantados: um no Maiobão e outro no bairro da Liberdade.

Estas unidades de Restaurantes Populares que vem sendo inaugurados pelo Governo do Estado visam atender essencialmente à população de baixa renda, idosos, estudantes, desempregados, entre outros.

0 comentários:

Postar um comentário

Comente e se quiser sua mensagen sera anonima. Os comentarios seram publecados apos avaliação do blogger, Não e permitido spams.