Pages

terça-feira, 10 de dezembro de 2013

APÓSTOLO BUENO É O NOVO PRESIDENTE DO CONSELHO DE PASTORES

Na noite do dia 02 de Dezembro, o auditório da Igreja Batista Missionária ficou repleto de líderes que se reuniram para eleger a nova diretoria do Conselho de Pastores da cidade de Araguaína-TO. Depois do Presidente ApIldésio fazer seus agradecimentos, foi solicitado que se apresentassem as chapas para concorrerem. Apóstolo Agenor Faria fez a indicação do Apóstolo Bueno e também sugeriu uma chapa que foi de imediato aclamada eleita para presidir o Conselho de Pastores de Araguaína, para o Biênio 2014/2015.

A Diretoria ficou assim constituída:
Presidente: Ap Francisco Bueno Júnior (Igreja Vida)
1º Vice: Ap Agenor Farias (Comunidade Vida Abundante)
2º Vice: Pr José Luiz (Lalu) da Assembléia de Deus CADETINS
1º Secretário: Pr Carlos Roberto Rocha (Igreja Vida em Cristo)
2º Secretário: Ap Elias Rocha (Igreja Batista - Ministério Efraim Kadosh)
1º Tesoureira: Ap Márcia Barcelos (Ministério Internacional Vida Nova)
2º Tesoureiro: Pr José Valdir (Ass de Deus CADETINS - Novo Horizonte)
Assessoria de Comunicação: Ygor Cortêz e Flávio Leal
Assessoria Jurídica: Pr. Flávio Braga.

Após a posse, Ap Bueno Júnior assumindo a Palavra, disse ser necessário cumprir o princípio bíblico que em Romanos 13:7-8 diz: “Portanto, dai a cada um o que deveis: a quem tributo, tributo; a quem imposto, imposto; a quem temor, temor; a quem honra, honra. A ninguém devais coisa alguma, a nã

o ser o amor com que vos ameis uns aos outros; porque quem ama aos outros cumpriu a lei”; e propôs aos presentes o reconhecimento do ApIldesio Luiz, como Presidente de Honra do Conselho com assento cativo na diretoria, o que foi aprovado por unanimidade.

Apóstolo Bueno reconheceu que sem o efetivo trabalho do Apóstolo Ildesio, o conselho não seria o que é hoje e não chegaria onde chegou. Inclusive sua atitude austera outrora, evitou que o conselho se desfalecesse.

Ainda em sua fala, Ap Bueno disse estar a disposição de cada membro do Conselho para ajudar no que for possível e falou ainda que a unidade que tem sido a mola mestra desta agremiação de líderes cristãos deve ser a cada dia consolidada. Em suas palavras disse: “Sei que temos desafios externos e internos. Internos em consolidar esta aliança e procurar agregar o maior número de pastores e líderes possíveis, cumprindo assim a nossa missão de sermos um em Cristo Jesus; e externos em enfrentar com atitudes firmes, mas acima de tudo com oração, o levante que tem se deflagrado contra a igreja do Senhor nesta cidade”.


0 comentários:

Postar um comentário

Comente e se quiser sua mensagen sera anonima. Os comentarios seram publecados apos avaliação do blogger, Não e permitido spams.